terça-feira, 6 de setembro de 2016

15° MOSTRA DO FILME LIVRE 2016.
DATA: 24/08/2016
Exibição do filme:

MATARAM MEU IRMÃO.
Compondo a sessão Longa Livre da 15° Mostra do filme livre 2016.

Sessão extremamente importante em virtude das discussões suscitadas através da experiência do diretor ao rebuscar as inúmeras histórias orais que envolveram a trama da história de vida de seu irmão. Além da sessão levamos o filme à grupos de estudos jurídicos em que foram discutidas questões sociais e políticas em torno do filme. Nos foi bastante interessante debater a sessão.


LOCAL: CineClio CineClube Santiaguense
Filme: Mataram meu irmão (Cristiano Burlan, 77 minutos, 2013, SP)
Classificação indicativa: 12 anos
Sinopse: Reconstituindo os detalhes da morte de seu irmão, Rafael Burlan da Silva, ocorrida há 12 anos, o cineasta Cristiano Burlan lança-se a uma jornada pessoal que conduz ao coração de um círculo de violência em torno dos bairros da perferia paulistana, como o Capão Redondo, onde morava a família e o irmão, de 22 anos, foi morto com sete tiros, em 2011. Explorando as razões do envolvimento do irmão com drogas e roubo de carros, o diretor expõe partes de sua própria história familiar, ouvindo parentes e amigos, cujos depoimentos trazem à tona os destinos de diversos personagens, mapeando o histórico de dolorosas feridas emocionais.
O que é MFL 2016
A Mostra do Filme Livre, MFL, completa 15 anos e mais uma vez estará nos quatro Centros Culturais Banco do Brasil, de março a agosto
Serão exibidos 205 filmes selecionados dos 1.342 inscritos, a maioria (90%) feito sem verbas públicas, ou seja, filmes independentes! Obras de todo o Brasil que muitas vezes terão a MFL como sua primeira e/ou única exibidora nos cinemas.






segunda-feira, 11 de abril de 2016

CINECLIO apresenta:

CINECAMPUS URI SANTIAGO:
Cinema e Direitos humanos.

Em sua primeira edição a mostra cineclubista reuniu diversos filmes que envolviam a temáticas das ditaduras ocorridas em todo o mundo, enfatizando o debate sobre a importância da democracia e os aspectos de violação de direitos humanos fundamentais em cada um dos longa-metragens exibidos.
Já na segunda edição da mostra, que ocorrerá ao longo de 2016, no auditório da URI Santiago, serão exibidos filmes diversos que envolvam a temática dos direitos humanos de maneira geral. Ah! e com uma novidade, todo o ciclo contará com exibição de curta-metragens para que possa haver debate sobre os filmes pós-exibição.


O primeiro filme a ser exibido em 2016 será o filme:


A HISTÓRIA DOS DIREITOS HUMANOS (Organizado por UDH - Unidos pelos Direitos Humanos).
Duração do filme: 10 min.
Dia 13/04/2016


Unidos pelos Direitos Humanos é uma organização internacional, sem fins lucrativos dedicada à implementação da Declaração Universal dos Direitos do Homem a nível local, regional, nacional e internacional. É composta por indivíduos, educadores e grupos em todo o mundo que estão ativamente a transmitir o conhecimento e a proteção dos direitos humanos por e para toda a Humanidade. 

O seu propósito é disponibilizar recursos e atividades educacionais que informam, apoiam e unem os indivíduos, educadores, organizações e organismos governamentais na difusão e adoção da Declaração Universal dos Direitos do Homem em todos os níveis da sociedade.
Unidos pelos Direitos Humanos foi fundada no sexagésimo aniversário da Declaração, em face de abusos contínuos em todo o mundo que violam o espírito, a intenção, e os Artigos desta carta de direitos humanos, o primeiro documento do género que jamais foi ratificada pela comunidade das nações. Sondagens descobriram que a maior parte das pessoas têm apenas uma compreensão limitada dos direitos humanos. A Declaração contém os trinta direitos que, juntos formam a base para uma civilização na qual as pessoas podem desfrutar de todas as liberdades a que têm direito e as nações possam viver em paz.

Será exibido também os 30 anúncios de Direitos Humanos da UDH, que explora os 30 direitos humanos fundamentais em curtas-metragens de um minutos. 

Estes trinta direitos foram estabelecidos em 1948 pelas Nações Unidas na Declaração Universal dos Direitos do Homem. Se mais pessoas conhecessem e insistissem nos seus direitos, o mundo seria muito mais pacífico e civilizado.


O que dizem pessoas que já trabalharam com o material em todo o mundo?

“Obrigado pelo seu bom coração. Como educador, eu estou a planear inserir princípios de direitos humanos como parte do meu debate com a minha sala de aula para que os meus alunos absorvam o valor dos direitos humanos no seu quotidiano. Mais uma vez, estou muito feliz por fazer parte do seu apoio à causa. Obrigado e que tenham mais poder!” – M.M., Educador, Filipinas

“Eu implementei parte do programa na minha classe de Problemas Sociais Globais. Eu darei a aula novamente e pretendo incorporar o programa. O programa é muito eficaz porque é um movimento popular e contém excertos de vídeos e outros recursos visuais que passam facilmente a mensagem. Obrigado novamente por trabalhar tão arduamente para aumentar a consciencialização sobre os direitos humanos”. — L.B., Professor Auxiliar, Long Island, Nova Iorque, EUA

“O programa é muito eficaz, especialmente com o DVD e o folheto, que faz toda a diferença na sala de aula e os alunos sentem-se preocupados com o mundo inteiro”. — K.M., Professor de Inglês, Argélia

“O conteúdo encaixa–se perfeitamente com a liberdade e os direitos que são partes do programa”. — D.C., Departamento de Sociologia, Universidade Western State do Missouri, EUA

“Eu achei que o programa de facto dirige-se aos estudantes. O que eu achei extremamente útil foi a filmagem ou exemplos dados no DVD. Não proporcionou apenas informações sobre os direitos humanos aos alunos, mas demonstrou o impacto que tinha na vida quotidiana deles. A classe que participou até a data foi bastante receptiva e indicou que entendeu os conceitos fundamentais. Estou a pensar em implementar também um programa contínuo neste campo”. — C.H., professor, Canadá

“Estamos a implementar o programa na situação da sala de aula da maneira como está incluído no programa de uma das matérias chamada Butão Cívica das Classes IX e X. O vosso pacote que recebi foi realmente útil. Foi um apoio muito bom ao ensino. Usando o pacote I eu era capaz de compartilhar mais informação sobre os direitos humanos e também sobre a nossa constituição.” — N.G., professor, Butão

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Confira fotos de sessões que vêm ocorrendo no Cineclio Cineclube Santiaguense.
Público em torno de 400 pessoas frequentaram sessões cineclubistas.









* Em algumas não houveram fotos.

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Fotos de sessão ocorrida com turma do Instituto Estadual de Ed. Prof. Isaías de Santiago.
Filmes: Ela veio me ver e Antes que seja tarde.



terça-feira, 10 de novembro de 2015

Fotos de sessão do dia 29 de outubro de 2015.
Grupo Estomias: Projeto de extensão do Curso de Enfermagem, URI Santiago.




quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Sessões do dia 20 de outubro de 2015

Grupo de idosos coordenado pela acadêmica Bruna, do curso de Enfermagem da URI Santiago

 EMEI Boa Vista.




quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Fotos de sessões dessa terça-feira, dia 13 de outubro, manhã e tarde.
EMEI Mary Peixoto.